Presença Global

Plataforma Disponível 24/7

+56 2 2405 4555

evalart@evalart.com

O teste de raven

Share with:


O Teste de Raven, também conhecido como Teste de Matrizes Progressivas de Raven, é uma ferramenta amplamente usada para medir o raciocínio analógico, a percepção e a capacidade de abstração.

É composto por 60 questões de múltipla escolha, cujas respostas permitem analisar e avaliar o fator “g” de inteligência proposto por Spearman, referente a processos mentais e cognitivos gerais que nos permitem dar respostas satisfatórias aos problemas diários. É usado para medir o QI e pode ser aplicado a crianças e adultos.

Aplicação do teste Raven

O teste geralmente é aplicado em centros educacionais e, também, em testes de seleção de pessoas. Mais recentemente, é comum que também faça parte dos testes psicotécnicos nos processos seletivos de diferentes profissões. O teste considera uma estimativa não verbal de inteligência fluida.

O teste consiste em 60 questões de múltipla escolha, classificadas em ordem de dificuldade. Mas também existem variações: Matrizes Progressivas Coloridas da Raven (para crianças) e Matrizes Progressivas Avançadas da Raven (para pessoas com inteligência superior).

Funcionamento do teste

A avaliação psicológica é feita através de figuras apresentadas ao sujeito para resolver diversas situações.

Centra-se na criação de raciocínio através da análise de diferentes figuras que representam mensagens diversas. É importante entender que, neste caso, nós trabalhamos com folhas de matrizes progressivas que representam diferentes tipos de mensagens a serem decifradas pelo sujeito, e é aí que ele avalia seu nível de QI.

Uso do teste Raven

Esses testes foram projetados principalmente para fins de pesquisa. Devido à sua independência linguística e simplicidade de uso e interpretação, eles rapidamente encontraram amplas aplicações práticas.

Matrizes Progressivas Padrão

A progressiva padrão é a forma original de matrizes. Foi publicado em 1938. O teste tem cinco conjuntos (de A a E) de 12 itens cada, com itens dentro de um único conjunto se tornando cada vez mais complexos e exigindo cada vez mais capacidade cognitiva. E requerem o aumento da capacidade cognitiva para analisar e resolver problemas. Os itens são mostrados em tinta preta em um fundo branco.

Um exemplo do uso deste teste é o fato de que os candidatos de 1942 às forças armadas britânicas levaram uma versão de vinte minutos das matrizes Raven padrão, e os futuros oficiais também levaram uma versão especialmente adaptada.

Hoje, os psicólogos também usam os vários testes da matriz Raven para diagnosticar deficiências de aprendizado ou alto potencial intelectual.

Pesquisas recentes concluíram que as pessoas com autismo geralmente pontuam mais alto nos testes Matrix de Raven do que em testes de QI como WAIS ou WISC.

Características do teste Raven

O teste Raven tem algumas características principais:

  • O teste pode ser aplicado coletivamente ou individualmente.
  • Eles são apresentados em conjuntos de grupos de matrizes de complexidade crescente em relação aos anteriores.
  • Projetado e desenvolvido para analisar o grau de pensamento e sua capacidade.
  • Avalia a capacidade para abstração e percepção.
  • Analisa as ações do sujeito na resolução de problemas cotidianos.
  • É amplamente usado em centros educacionais e empresas nos processos de recrutamento e seleção de pessoal.
  • Sua duração é de 60 minutos.

A precisão do teste é de aproximadamente entre 0,87 e 0,81, seguindo as fórmulas de Kuder-Richardson e os critérios de Terman-Merill.

Este teste é efetuado para determinar o grau em que o sujeito tem que resolver imediatamente problemas e situações que surgem na vida real, a fim de analisar e qualificar sua resposta rápida aos desafios.

É importante notar que o designer do teste, John Raven, declarou que este teste não deve ser usado apenas para medir a inteligência. Em vez disso, outras fontes de informação devem ser consideradas para que o teste tenha resultados mais robustos e precisos.

Benefícios

Entre os benefícios do teste Raven, nós temos:

  • Aplicável a adultos e crianças, pessoas com deficiência ou problemas de comunicação.
  • Não é caro.
  • É divertido e interessante.

Uma importante qualidade do teste é a rapidez com que ele providencia informações.

Considerações importantes

  • As considerações a seguir nos permitem entender melhor como esse teste funciona:
  • Este é um teste não verbal; é resolvido intelectualmente sem criar uma análise oral.

O teste é uma avaliação psicológica que usa um conjunto de figuras geométricas incompletas e abstratas para análise. Isso faz com que o sujeito crie uma resposta com base no que é apresentado a ele para medir seu nível de QI.

O teste de Raven é um instrumento amplamente usado e eficiente para medir raciocínio analógico, percepção, capacidade de abstração e quociente de inteligência. Sua aplicação é barata, pode ser interessante e divertida, e está apta para pessoas com deficiências e problemas para se comunicarem adequadamente.